Toda a produção hormonal do nosso corpo é controlado por áreas cerebrais nobres, envolvendo o hipotálamo e a hipófise.

O hipotálamo está localizado logo acima do tronco encefálico e abaixo do tálamo.

Essa glândula ativa e controla as funções involuntárias do corpo, incluindo respiração, frequência cardíaca, apetite, sono, temperatura e os ciclos circadianos ou ritmos diários.

O hipotálamo liga o sistema nervoso ao sistema endócrino por meio da glândula pituitária ligada.

Já a hipófise, é uma glândula endócrina ligada ao hipotálamo na base do cérebro.

Às vezes, é chamada de glândula-mestra endócrina porque secreta hormônios que regulam as funções de outras glândulas, bem como o crescimento e várias outras funções corporais.

A pituitária anterior, ou frontal, secreta hormônios que afetam o desenvolvimento sexual, a função tireoidiana, o crescimento, a pigmentação da pele e a função adrenocortical.

Se a hipófise anterior estiver hipoativa, pode causar crescimento atrofiado na infância e hipoatividade em outras glândulas endócrinas.

A hipófise posterior, ou posterior, secreta ocitocina, um hormônio que aumenta as contrações do útero e o hormônio antidiurético (ADH), que estimula os rins a reabsorver água.

A hipersecreção pode levar ao gigantismo ou ao crescimento excessivo

Agende agora a sua consulta

× Como posso te ajudar?